Deserto do Atacama de carro: roteiro e dicas

deserto-do-atacama-de-carro
7 minutos para ler

Se a sua ideia é ir além do turismo tradicional, então ir para o Deserto do Atacama de carro é uma daquelas experiências que irá marcar a sua vida e valerá cada centavo investido!

Viajar de carro é uma experiência incrível. E se for a bordo de uma Amarok ou um 4×4, é mais incrível ainda. Já imaginou chegar a lugares incríveis, como na base de um vulcão a quase 5.000 metros de altitude ou um dos maiores campos geotérmicos do mundo no conforto do seu carro?

Então, continue a leitura e confira como chegar no Atacama de carro, o que fazer lá, nossas dicas e uma sugestão de roteiro de 10 dias saindo do Brasil.

Por que ir para o Deserto do Atacama de carro?

Porque é incrível! E não só por conta das atrações do Deserto do Atacama, mas sim, todo o roteiro para chegar até lá. Cruzar a Cordilheira dos Andes é espetacular! Algumas das estradas mais belas do mundo te levam até San Pedro de Atacama, como o Paso de Sico e o Paso de Jama.

Sair do Brasil e ir para o Deserto do Atacama de carro é uma das experiências mais incríveis que você pode buscar na América do Sul. Você irá se deslumbrar com diferentes paisagens a cada trecho. Poderá visitar cidades na rota repletas de história e cultura. Provar os sabores locais. E, além de tudo, se surpreender com a travessia da Cordilheira dos Andes.

No entanto, para que a viagem seja com segurança e muito conforto, nada melhor do que estar a bordo de uma Amarok ou de um 4×4!

A liberdade para desbravar lugares inóspitos que fogem do roteiro turístico, e poder se conectar com a natureza, tornam a viagem para o Atacama de carro ainda mais especial.

Onde fica o Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama fica localizado no norte do Chile, mas parte da sua extensão abrange os países vizinhos: Argentina, Bolívia e Peru. É o deserto mais árido do mundo e um dos destinos mais procurados pelos aventureiros.

De uma beleza surreal, podemos em outras palavras, descrever o Atacama como uma combinação de extremos. Seja pelo clima, já que as temperaturas podem variar de -10°C a 40°C, pela diversidade de paisagens ou até mesmo pela altitude.

Como chegar e onde se hospedar

Existem diversas formas para chegar no Atacama. Pode ser de carro, de avião, e até mesmo de ônibus, ou uma combinação. Você pode voar direto para Santiago e de lá alugar um carro, pegar um ônibus ou um voo para Calama.

Calama é a cidade do deserto estruturada para receber os visitantes do mundo todo. Conta com um aeroporto internacional e locadoras de veículos. Mas não espere algo majestoso. O aeroporto é pequeno, e não tem variedade de lojas ou restaurantes.

Então Calama é a cidade-base no deserto do Atacama? Não! A cidade-base é o vilarejo de San Pedro de Atacama, localizado a uns 100km de Calama. Um verdadeiro oásis no meio do deserto!

Um povoado rústico, com construções em adobe e ruas de terra, que vive basicamente do turismo. Porém, dotado de uma estrutura completa para turismo, que vai desde simples pousadas e hostels até hotéis e restaurantes 5 estrelas. Logo, existem opções para todo tipo de orçamento e perfil de aventura.

Como chegar no Deserto do Atacama de carro saindo do Brasil

São diversos os roteiros para chegar no Atacama de carro. Saindo do Brasil, a melhor fronteira para entrar na Argentina é por Foz do Iguaçu. Sendo assim, comece a viagem por lá.

Clique aqui e confira na íntegra um roteiro incrível de 10 dias de carro.

Contudo, como estamos falando de uma viagem internacional, fique atento a documentação necessária para ingressar em cada país, no caso Argentina e Chile, os itens e seguros obrigatórios.

Por que ir para o Deserto do Atacama com o Território Amarok?

Quando pensamos em um deserto, logo pensamos em um destino afastado, inóspito, de difícil acesso, sem sinal de celular ou GPS. Assim, ir para o Atacama de carro, pode parecer uma aventura extrema, complicada e insegura. O que pode até ser, se você não se preparar.

São vários os fatores que você precisa levar em consideração ao decidir fazer uma viagem como essa sozinho. Como por exemplo, percorrer longas distâncias sem nenhum tipo de suporte ou auxílio. Ter que preparar a documentação. Adquirir os equipamentos necessários. Planejar os roteiros. Fazer todas as reservas. Contratar um guia ou uma agência local. Contratar os seguros obrigatórios. Além de muitos outros detalhes, como levantar todos os postos de combustível da rota.

Por outro lado, você pode adquirir uma vaga em nossa Expedição Atacama e não ter que se preocupar com nada disso! Temos uma equipe especializada, carros de apoio com todo suporte técnico e mecânico, guias que falam português e espanhol e um roteiro exclusivo, te esperando.

A nossa missão é proporcionar a melhor experiência da sua vida sem que você precise se preocupar com nada. A sua missão será apenas dirigir e curtir o visual!

Confira o depoimento de alguns de nossos clientes

“Conheci a equipe do Território Amarok em 2018, só que como foi Ano da Copa, não consegui fazer as viagens internacionais, apenas as expedições de final de semana. No entanto, em 2019 consegui participar também das expedições internacionais. O Atacama e a Corona del Inca – na Argentina, foram os destinos mais marcantes. Lugares longes, altos e com cultura e paisagens muito diferentes do Brasil. Sem contar que, todos que vão são muito gente boa, desde o staff até os outros participantes. Minha Amarok hoje está com 92.000km, desses, pelo menos, uns 50.000km foram das aventuras com a equipe do Território Amarok.” – Ricardo Barato

“Foram muitas aventuras a bordo da Amarok, a maioria delas com a equipe do Território Amarok. As duas mais impressionantes foram em 2019 a Expedição Andes Dakar na Argentina e em 2020 a Expedição Atacama. Na expedição para o deserto, conseguimos ter chuva e neve, foi incrível! Lembranças maravilhosas para toda vida!” – Bernard e Flávia Rossire.

Como se preparar

Estamos falando de uma viagem internacional, com duração de vários dias. Além disso, alguns desafios como altitude e grandes amplitudes térmicas. Sendo assim, a preparação é fundamental.

Clique aqui e confira tudo que você irá precisar!

O que fazer no Deserto do Atacama

São tantos os atrativos do Deserto do Atacama. Mas o mais importante é você selecionar quais irá visitar com antecedência, se programar e contratar um guia local. Viajar não é apenas dirigir por paisagens diferentes, mas sim conhecer sobre o local, a cultura, a gastronomia e a história.

As principais atrações turísticas do Atacama estão em parques ou reservas. Cada um tem suas regras, horário de funcionamento, valores de entrada, restrições de idade etc. No entanto, o ingresso só pode ser pago em espécie, em pesos chilenos. Ou seja, é necessário levar “dinheiro vivo”.

Separamos algumas dicas de lugares para você visitar. Clique aqui e confira!

Em suma, viajar de carro para o Deserto do Atacama é uma experiência de vida. É colecionar momentos e histórias. É desbravar o inóspito e se surpreender com a natureza. E dependendo da época do ano, você encontrará uma paisagem diferente.

Se você quer encarar um desafio como esse, junte-se a nós em nossa próxima expedição!

Mas fique de olho em nosso calendário para não ficar de fora. Clique aqui e acesse o calendário.

Gostou do artigo? Então, acompanhe nosso canal do YouTube para conferir nossas aventuras e conteúdos como esse!

Até logo!

Você também pode gostar

2 thoughts on “Deserto do Atacama de carro: roteiro e dicas

    1. Olá Álvaro,
      Ficamos muito felizes em saber. Será um prazer tê-lo conosco!
      Devido a pandemia, no momento não temos nenhuma expedição ou curso agendados, mas sempre divulgamos em nosso site e em nossas redes sociais.
      Caso queira receber as novidades e dicas por WhatsApp, é só nos enviar uma mensagem com seu nome para o número +55 19 97166-6698
      Tenha uma ótima semana.

Deixe uma resposta

-