Conheça as rotas do Rally Dakar na América do Sul!

4 minutos para ler

O Rally Dakar, que entre 2009 e 2019 foi realizado na América do Sul, está de mudança. A partir de 2020, a prova ocorrerá na Arábia Saudita, de acordo com o contrato firmado pela organizadora Amaury Sport Organization (ASO). O compromisso com o país do Oriente Médio tem prazo de 5 anos.

Apesar da troca, a prova deixa um importante legado — e uma genuína inspiração — para aventureiros de todo o continente sul-americano. Que tal visitar alguns dos principais pontos que fizeram do Rally Dakar um sucesso por uma década na região?

Neste artigo, mostramos o que os apaixonados por 4×4 podem encontrar em quatro áreas por onde a prova Rally Dakar passou até a edição deste ano: Arequipa, La Paz, Deserto de Atacama e Salta. Acelere para saber mais!

Arequipa (Peru)

Ao passar por Arequipa, no Peru — uma das rotas por onde cruzava o Rally Dakar —, tem-se a oportunidade de fazer uma expedição off-road pela região. Viajar até a cidade de Nazca, pelas margens do Oceano Pacífico, é uma aventura das mais populares entre os apaixonados por uma jornada em quatro rodas. Aproximadamente 570 km separam as duas cidades.

No entanto, Arequipa também oferece passeios turísticos como visitações à Plaza de Armas, ponto de fundação do município, onde também se localiza a histórica Catedral Basílica de Santa María, construída em 1656. Visitações às montanhas e cânions da região, como o de Colca, também são uma ótima pedida.

La Paz (Bolívia)

Conhecida como “a capital mais alta do mundo”, localizada a mais de 3.600 m de altitude, La Paz também é uma das rotas por onde passava o Rally Dakar. A cidade boliviana era o destino de descanso dos pilotos antes de seguirem em frente na disputa.

Powered by Rock Convert

Quem embarca em uma expedição 4×4 na região pode aproveitar para curtir as atrações do turismo local. Entre elas, um passeio de teleférico, assistir a uma luta livre de cholitas ou dar uma volta pela colorida Calle Jaén, área que preserva as origens coloniais da capital da Bolívia.

Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama é um prato cheio para quem ama uma boa expedição 4×4. Com 1.600 km de extensão, proporciona um longo trecho para quem gosta de pisar fundo e apreciar as belezas naturais únicas da região.

E belezas naturais não faltam no Deserto do Atacama. Ao longo do Peru, Bolívia, Chile e Argentina, a região encanta seus visitantes com picos nevados, gêiseres, vulcões e a oportunidade de observar as estrelas no céu mais limpo do mundo — livre de poluição e nuvens que prejudicam a visão em outros pontos do planeta.

Salta (Argentina)

Assim como no Atacama, a região de Salta, na Argentina, também oferece aos visitantes uma paisagem única. Suas montanhas compõem o cenário do noroeste argentino e acompanham os viajantes ao longo da travessia pelo vale seco que define a geografia local.

A paisagem e o clima remetem a áreas serranas, mas há mais um ingrediente que faz da região um atrativo e tanto: as vinícolas que vem ganhando cada vez mais espaço — e atraindo turistas e apreciadores de bons vinhos. A dica, aqui, é apenas para não sair rodando no seu 4×4 depois de beber, certo?

Neste artigo, buscamos abordar alguns dos pontos mais visitados por turistas ao longo do antigo trajeto do Rally Dakar, que se realizou na América do Sul por um período de dez anos. Apesar da recente mudança para a Arábia Saudita, o evento deixa uma inspiração para milhares de aventureiros a bordo de suas 4×4.

Gostou do nosso artigo? Então, aproveite a visita e saiba tudo sobre rally e os principais do Brasil!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-